Voz e Disfonia Pediátrica: Prevenção, Avaliação e Intervenção em Terapia da Fala

100,00 80,00

Informações Gerais

Regime: Presencial
Duração: 8 Horas
Data: 19 Janeiro 2019
Horário:
Sábado das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00
Local: Porto – Avenida Sidónio Pais 379, Ed. B Sala 11, 4100-468 Porto
Inscrições até: 9 Janeiro 2019
Nº Vagas:  10 – 25

17 em stock (pode ser encomendado sem stock)

REF: SA_1901_19 Categorias: ,

Descrição

A voz pediátrica continua a constituir uma das áreas lacunares na formação inicial dos terapeutas da fala que, frequentemente, na sua prática clínica, se deparam com a falta de conhecimentos que fundamentem e sustentem uma abordagem compreensiva das avaliações e intervenções terapêuticas realizadas. Na verdade, e sabendo que as estatísticas internacionais referem que, em média, entre 6-9% das crianças apresentam algum tipo de perturbação vocal (PtV), os casos de disfonia pediátrica assumem uma importância extrema, considerando o progressivo impacto negativo que podem acarretar nos eixos pessoal, académico e/ou social das crianças. Urge, então, preparar/atualizar os terapeutas da fala para que possam identificar, avaliar e reabilitar a disfonia pediátrica com conhecimentos e instrumentos atualizados e sistematizados para o fazerem, aumentando os níveis de eficiência e eficácia dos processos terapêuticos. Urge, ainda, que os terapeutas da fala tenham acesso a formas de prevenção na área da voz pediátrica, considerando também pensamento crítico e raciocínio clínico na planificação e execução de ações deste tipo.

1. Entender e diferenciar as características anatomo- e neurofisiológicas da voz pediátrica até à puberdade;
2. Conhecer os fatores etiológicos, a incidência e prevalência, as consequências e os demais fundamentos clínicos e científicos da disfonia pediátrica;
3. Identificar e analisar os parâmetros que devem ser incluídos numa avaliação vocal pediátrica compreensiva;
4. Entender fatores que determinam um bom ou mau prognóstico na disfonia pediátrica;
5. Perceber e experimentar algumas técnicas e exercícios vocais aplicados na disfonia pediátrica, considerando indicações e contraindicações terapêuticas;
6. Refletir sobre competências que podem facilitar a terapia vocal no contexto pediátrico – pensamento crítico e raciocínio clínico;
7. Identificar e compreender recursos que podem servir de atividades e estratégias à prática clínica relacionada com voz pediátrica;
8. Apreender os fundamentos da reavaliação para monitorização do processo terapêutico e decisão de alta clínica;
9. Compreender a importância e função de ações preventivas no terreno junto à população pediátrica e agentes educativos.
Voz pediátrica: particularidades

• Anatomo- e neurofisiologia do processo de produção vocal pediátrica

• Disfonia Pediátrica:
o Definição
o Etiologia
o Sintomas e sinais mais comuns
o O Mau Uso e Abuso Vocal
o Incidência e prevalência

• Avaliação vocal pediátrica (instrumental e não instrumental):
o Consulta de ORL – avaliação orgânicofuncional
o Anamnese
o Análise audiopercetiva
o Análise acústica
o Medidas temporais fonorrespiratórias: TMF e Índice S/Z
o Palpação da musculatura laríngea extrínseca
o Análise emocional/stress associados à voz
o Nível de vulnerabilidade e consciencialização face à disfonia
o Diagnóstico diferencial
o Prognóstico

• Terapia Vocal Pediátrica (TVP):
o Planeamento da intervenção: guidelines
o Abordagens terapêuticas
o Medidas de promoção da saúde vocal aplicadas à pediatria
o Tratamento baseado em evidências fisiológicas
o Eficiência e eficácia da TVP – prática baseada em evidência
o Técnicas e exercícios vocais
o Materiais e estratégias utilizados na TVP
o Follow-Up – monitorização da TVP
o Prevenção – importância e funções

• Estudo(s) de Caso: aplicação de conhecimentos

David Guerreiro
Licenciado pela Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal. Desde agosto de 2017 que assume o cargo de diretor técnico/clínico da empresa que fundou, a PROComSom® – Serviços Especializados em Terapia da Fala (Seixal). Foi Terapeuta Coordenador da delegação da Margem Sul do Tejo da empresa Laboratório da Fala – LabFala Lda. É formador certificado pelo IEFP e acreditado pelo CCPFC para o domínio de Práticas de Educação para a Saúde, ministrando várias formações na área da linguagem (oral e escrita) e da voz (falada e cantada) na região de Lisboa e Vale do Tejo – para profissionais de educação e terapeutas da fala/estudantes de Terapia da Fala. É coautor do livro Fisiologia da Técnica Vocal, editado em outubro de 2012 pela Lusociência. Foi membro investigador (2010 – 2013) do estudo-piloto Caracterização Fonatória e Acústica da Voz do Fado, já editado em vários periódicos nacionais e internacionais. Integrou o corpo docente da Formação Contínua em Voz Patológica e Profissional do Instituto EPAP, ministrando o módulo de Voz Pediátrica. É sócio efetivo da Associação Portuguesa de Terapeutas da Fala (APTF) e membro agregado da Sociedade Portuguesa de Terapia da Fala (SPTF), integrando a sua Comissão de Inovação & Desenvolvimento (CID) desde Outubro de 2017. É ainda cantor profissional (com formação específica em voz cantada).
Estudantes da Licenciatura em Terapia da Fala e Terapeutas da Fala.