Formação Perturbações Motoras da Fala na Infância: Dispraxia Verbal de Desenvolvimento

170,00 

*valor promocional para inscrições até dia 25 Outubro 2021

Informações Gerais

Regime: E-learning
Duração: 16 Horas
Datas e Horário:
10 de Novembro de 2021 das 19h00 às 22h00
17 de Novembro de 2021 das 19h00 às 22h00
23 de Novembro de 2021 das 19h00 às 22h00
29 de Novembro de 2021 das 19h00 às 22h00
Inscrições até: 7 Novembro 2021
Nº Vagas: 12 – 30
*A SeedGO reserva-se no direito de não realizar a formação caso não haja inscrições suficientes, procedendo-se à devolução do pagamento efetuado pela inscrição.

Esgotado

REF: SA111121JCD Categoria:

Descrição

As perturbações da fala na infância causadas por alterações na programação e planeamento motor são, atualmente, um tema de reduzido conhecimento e considerável debate em Portugal, suscitando controvérsia na comunidade científica internacional. É o caso da Developmental Verbal Dyspraxia (RCSLT, 2011), também designada como Childhood Apraxia of Speech (ASHA, 2007) ou Developmental Apraxia of Speech (Shriberg, Aram, & Kwiatkowski, 1997), cuja etiologia, critérios de diagnóstico, procedimentos para avaliação e intervenção se encontram, ainda, envoltos em incerteza e mistério. Não obstante a variabilidade terminológica, esta patologia pode ser definida como uma perturbação motora da fala, na qual a precisão e consistência dos movimentos necessários a um discurso inteligível estão perturbados, na ausência de défices neuromusculares (Meredith, 2014). Em Portugal, e na ausência de critérios de diagnóstico definidos, a equipa do projeto DAVINCI sugere o termo Dispraxia Verbal de Desenvolvimento (DVD) para designar esta perturbação (Dias, Lousada, Morgado & Fonseca, 2015).

Ainda pouco se sabe sobre Developmental Verbal Dyspraxia, existindo um limitado número de publicações científicas orientadoras no que diz respeito à avaliação e intervenção em Terapia da Fala (CASANA, 2014). À semelhança da realidade internacional, também em Portugal a bibliografia existente relativa a este assunto é escassa, enfatizando a pertinência de projetos de investigação sobre o tema. É igualmente importante a disseminação de informação na comunidade terapêutica e geral, não só para contribuir para o aumento do conhecimento sobre esta condição, mas também para consciencializar a comunidade para a existência deste problema.

Na presente formação pretende-se expor informação teórica resultante da revisão de bibliografia de referência sobre o tópico da Developmental Verbal Dyspraxia, sugerindo e debatendo propostas de procedimentos para a identificação, avaliação e intervenção terapêutica. Apresentar-se-ão também casos clínicos paradigmáticos, analisados em dinâmicas de grupo e exercícios de reflexão individual. Esperar-se-á que cada participante apresente propostas de atividades terapêutica a implementar, tendo em vista objetivos definidos para os estudos de caso explorados.

No final da formação, os participantes deverão ser capazes de:

  • Definir o conceito de Dispraxia Verbal de Desenvolvimento (DVD);
  • Classificar a Dispraxia Verbal de Desenvolvimento (DVD) dentro da categoria das Perturbações dos Sons da Fala (PSF);
  • Identificar caraterísticas e sinais de alerta de DVD e de outras PSF;
  • Atualizar conhecimentos acerca da identificação precoce de DVD;
  • Enunciar critérios de diagnóstico de DVD descritos na literatura;
  • Indicar instrumentos de avaliação terapêutica de referência a nível nacional e internacional;
  • Descrever procedimentos de avaliação terapêutica recomendados para DVD;
  • Adotar práticas baseadas em evidência para fundamentar o raciocínio clínico e a tomada de decisão terapêutica.
  • Conhecer estratégias para a intervenção terapêutica em casos clínicos de DVD e outras PSF;
  • Estudar diferentes metodologias para a intervenção com casos clínicos de DVD;
  • Praticar o planeamento da intervenção com casos clínicos de DVD;
  • Definir objetivos gerais e específicos para a intervenção em casos de DVD;
  • Conceber e implementar materiais e atividades terapêuticas adequadas aos objetivos estabelecidos;
  • Estruturar um plano para a monitorização e avaliação da intervenção terapêutica;
  • Sugerir indicadores adequados para monitorizar e avaliar a atuação neste âmbito.
  • Childhood Apraxia of Speech (CAS) / Developmental Verbal Dyspraxia (DVD) – Conceitos;
  • Sistemas de classificação das Perturbações dos Sons da Fala (SSD);
  • Características de CAS/DVD;
  • Identificação/sinalização precoce;
  • Instrumentos e procedimentos para a avaliação terapêutica;
  • Diagnóstico diferencial;
  • Metodologias e práticas para a intervenção terapêutica;
  • Planeamento, monitorização e avaliação da intervenção;
  • Estudos de caso.

As sessões de formação síncronas terão lugar na plataforma Zoom.

Previamente à primeira sessão de formação síncrona, os/as participantes deverão participar numa sessão de apresentação online (assíncrona) para apresentação individual, comunicação de necessidades e expetativas e acesso a literatura complementar.

Entre sessões síncronas, espera-se que os/as participantes realizem trabalhos individuais ou em pequeno grupo sobre os temas da sessão anterior (ex: construção de material para a intervenção), recorrendo a aplicações como o WhatsApp e a ferramentas de trabalho colaborativo como as do Google.

Entre sessões síncronas é aconselhada a comunicação entre participantes e entre participantes e equipa pedagógica para continuidade dos trabalhos em curso.

 

Horas de Formação Teóricas: 6h em sessão síncrona
Horas de Formação Prática: 6h em sessão síncrona
Horas de Trabalho Autónomo: 4h, individualmente ou em grupo, entre sessões
Total: 16h

João CanossaJoão Canossa Dias

Terapeuta da Fala, Formador e Consultor, com experiência nacional e internacional.
Exerce funções como Diretor Técnico de Reabilitação e Terapeuta da Fala na ARCIL e como consultor em entidades em Portugal e no estrangeiro, integrando os corpos sociais da Sociedade Portuguesa de Terapia da Fala. Colabora como professor assistente convidado na Universidade de Aveiro e na Universidade do Algarve.
Licenciado em Terapia da Fala pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto e mestre na área das Ciências da Educação pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. Detém Master of Science em Processos Complexos Comunicação pela Universidade de Groningen e Título de Especialista em Terapia da Fala pela Universidade de Aveiro. Especializou-se em Literatura para a Infância na Universidade Autónoma de Barcelona. É Doutorando em Ciências a Cognição e da Linguagem no Universidade Católica de Lisboa.
Ao longo do tempo, diversificou a sua formação profissional e académica e investiu no estudo de metodologias e intervenção especializadas. É autor de material didático para empresas como a Cnoti, SpeakInMotion, AREAL Editores e ARCIL, encontrando na temática das perturbações e dos processos complexos de comunicação uma área atuação e investigação que pretende continuar a explorar.

Terapeutas da Fala
Alunos do curso de Licenciatura em Terapia da Fala

Formação Certificada por:

Entidade Certificada DGERT

Também pode gostar…