Formação Atuação do Terapeuta da Fala – Fendas Labiopalatinas

150,00 130,00

*valor promocional para inscrições até dia 27 Agosto 2020

Informações Gerais

Regime:  E-learning
Duração:
Horas de Formação Teóricas: 4h (Módulos 1 e 2) + 3h (Módulo 3) + 3h (Módulo 4)
Horas de Formação Prática: 2h (Módulo 4) + 2h (Módulo 5)
Total: 14h
Datas:
15 de setembro das 19h00 às 21h00 – 2h
17 de setembro das 19h00 às 21h00 – 2h
18 de setembro das 18h30 às 21h30 – 3h
19 de setembro – 9h00 às 13h00 – 4h
24 de setembro das 18h00 às 21h30 – 3h
Inscrições até: 10 Setembro 2020
Nº Vagas: 12 – 30
*A SeedGO reserva-se no direito de não realizar a formação caso não haja inscrições suficientes, procedendo-se à devolução do pagamento efetuado.

Campanha Formação + Livro
Portes Grátis + 10% desconto no Livro "O Piratinha salva o Tagarela"

28 em stock

REF: SA150920AAAL Categoria:

Descrição

Fendas Labiopalatinas (FLP) são a malformação congénita mais frequente da face. Só em Portugal nascem 130 a 150 crianças por ano com esta malformação.

As FLP podem assumir diferentes configurações e a forma como se manifestam é única para cada portador. Desta forma, o acompanhamento da criança e da sua família deve ser individualizado e constante, de acordo com a fase de desenvolvimento e as suas necessidades.

Por estarem envolvidas tantas áreas de desenvolvimento, é necessária uma abordagem multidisciplinar.

Compreender a abrangência da atuação do TF, individual e em equipa, desde a gravidez até à idade adulta, é essencial para contribuir para um desenvolvimento harmonioso do portador e da sua família.

No final da formação, os participantes deverão ser capazes de:

  • Definir Fenda Labiopalatina (FLP)
  • Conhecer dados epidemiológicos
  • Conhecer a etiologia
  • Conhecer o desenvolvimento embriológico
  • Classificar FLP
  • Identificar estruturas e funções do sistema estomatognático envolvidas
  • Conhecer a equipa de intervenção e a sua dinâmica
  • Classificar disfunção velofaríngea (DVF)
  • Identificar ferramentas para avaliação e intervenção do Terapeuta da Fala na habilitação e reabilitação das funções estomatognáticas

Módulo 1: Enquadramento FLP
– Conceito de fenda labiopalatina;
– Conhecer causas e frequência das FLP;
– Desenvolvimento embriológico e períodos de ocorrência das FLP;
– Classificação das FLP;
– Implicações das FLP nas estruturas e funções do sistema estomatognático;
– Necessidade de trabalho em equipa e protocolo de atuação.

 

Módulo 2: Disfunção velofaríngea (DVF)
– Descrição do mecanismo VF (estruturas e tipos de encerramento)
– Definição e classificação de DVF
– Protocolo de Intervenção nos diferentes tipos de DVF (TF, cirurgia, prótese)

 

Módulo 3: Avaliação do TF nas FLP ao longo do desenvolvimento
– Protocolo de Avaliação: Estruturas e Funções do SEG
– Timmings de avaliação protocolados

 

Módulo 4: Intervenção do TF nas FLP ao longo do desenvolvimento

Caracterização do funcionamento, dificuldades, estratégias e recursos nas diferentes áreas:

– Hábitos orais

– Cicatriz e Massagens

– Higiene nasal e oral

– Respiração

– Alimentação

– Audição e Fala

– Corpo e Posturas

– Comunicação

 

Módulo 5: Estudos de Caso
– Discussão de estudos de caso das formadoras e/ou formandos

Ana Paris LealAna Paris Leal
• Terapeuta da Fala licenciada pela Escola Superior de Saúde do Alcoitão.
• Especialista em Terapia da Fala.
• Mestre em Ciências da Fala e da Audição pela Universidade de Aveiro
• Pós-Graduada em Intervenção Terapêutica Motora Oral e Facial pela Escola Superior de Tecnologias e Artes de Lisboa e EPAP-Ensino Profissional Avançado e Pós-Graduado
• Pós-Graduada em Tratamento do Neurodesenvolvimento – Conceito Bobath, curso certificado pela European Bobath Tutors Association.
• Formadora acreditada pelo conselho cie

ntífico-pedagógico da formação contínua de professores, formadora com Certificado de Competências Pedagógicas.
• Terapeuta da Fala do Grupo FLAP – Grupo multidisciplinar de tratamento de Fendas labiopalatinas
• Estágios profissionais nacionais e internacionais com equipas que trabalham com crianças com alterações do neurodesenvolvimento, malformações craniofaciais, síndromes e com as suas famílias.
• Participações em congressos e workshops nacionais e internacionais.
• Membro da Sociedade Portuguesa de Terapia da Fala, no departamento de Motricidade Orofacial.
• Conselheira de aleitamento materno.


Mariana AlfaceMariana Alface
• Licenciatura em Terapia da Fala pela Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal.
• Pós-Graduada de Média Duração em Motricidade Orofacial no Instituto de Ensino Profissional Avançado e Pós-graduado (E.PAP).
• Formadora certificada pelo IEFP e acreditada pelo CCPFC.
• Terapeuta da Fala em clínica privada na zona de Lisboa e Almada (Centro UP) e na consulta transdisciplinar de Fendas Lábio Palatinas no Porto, pelo Grupo FLAP.
• Trabalha com crianças e suas famílias, com especial interesse na área da Motricidade Orofacial (alterações miofuncionais orais e suas relações), nas várias patologias que comprometam o neurodesenvolvimento da criança e com a malformação congénita fendas labiopalatinas.

Terapeutas da Fala

Estudantes de Terapia da Fala (finalistas)

Formação Certificada por:

Entidade Certificada DGERT