Campanha Promocional

A Pensar em Ti

450€ 
100€ + 150€

Queres criar o teu próprio emprego/empresa?
Já pensaste em candidatar-te ao PAECPE ou ao Investe Jovem?
Aproveita a promoção “A Pensar em Ti!”
Não te preocupes com nada! Nós tratamos de tudo!

Eu posso beneficiar do programa de criação do próprio emprego?

Todas as pessoas inscritas nos serviços de emprego, numa das seguintes situações:

  • Desempregados inscritos há 9 meses ou menos, em situação de desemprego involuntário ou inscritos há mais de 9 meses, independentemente do motivo da inscrição;
  • Jovens à procura do 1º emprego com idade entre os 18 e os 35 anos, inclusive, com o mínimo do ensino secundário completo ou nível 3 de qualificação ou a frequentar um processo de qualificação conducente à obtenção desse nível de ensino ou qualificação, e que não tenha tido contrato de trabalho sem termo;
  • Nunca tenham exercido atividade profissional por conta de outrem ou por conta própria;
  • Trabalhadores independentes cujo rendimento médio mensal, no último ano de atividade, seja inferior à retribuição mínima mensal garantida.

Qual a taxa de apoio e o limite de investimento elegível?

O apoio no âmbito do PAECPE apresenta duas modalidades distintas:

  1. Financiamento a fundo perdido, atribuído através da antecipação das prestações de desemprego que seriam concedidas ao beneficiário;
  2. Financiamento através de uma linha de crédito bancário, limitada a 100.000€, com uma taxa de juro bonificada (Linha de crédito INVEST+ e MICROINVEST).

Como podemos ajudar?

Para obter a aprovação por parte do IEFP e/ou financiamento, necessita de justificar e comprovar a viabilidade e força da sua ideia de negócio perante o investidor ou a instituição financeira, através da apresentação de um Plano de Negócios e Estudo de Viabilidade.

Planos de Negócio

  • Sumário Executivo;
  • Visão Geral da Empresa;
  • Contexto (Análise Interna e Externa);
  • Análise SWOT Sistémica;
  • Conclusões.

Análise de Viabilidade

  • Enquadramento do Projeto e Pressupostos;
  • Mapa do Investimento e Plano de Financiamento;
  • Receitas e Gastos;
  • Mapas Financeiros (Balanço e Demonstração de Resultados);
  • Análise de Risco, Análise de Cenários, Análise de Sensibilidade;
  • Conclusões.

Encaminhamento para as
entidades financiadoras

  • Discussão do projeto com a banca;
  • Apoio na formalização do financiamento;
  • Aconselhamento e apoio ao investidor.

Para mais informações não hesite em contactar a sua equipa SeedGO